Projectos Científicos
Imprimir documento


A colecção Cortiço & Netos

Data de início do projecto: Fevereiro de 2013
Data de fim do projecto: Junho de 2013

A firma Cortiço & Netos existe há cerca de trinta anos, armazenando e comercializando um espólio de azulejo industrial português de enorme relevância. Entre Fevereiro e Junho de 2013 recebram duas estagiárias da Rede Temática, no contexto do programa de estágios da licenciatura do curso de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL). 


Nos anos setenta, Joaquim Cortiço começou a comprar azulejos e loiças sanitárias, maioritariamente de linhas descontinuadas, a fábricas e a distribuidores. Reuniu um conjunto considerável de peças, primeiro num armazém em Benfica e depois, também, num depósito em Alenquer.

O documentário realizado por um dos netos, Ricardo, é bem revelador da forma como Joaquim Cortiço iniciou e desenvolveu um negócio que ainda se mantém. Na verdade, poderíamos hoje comparar a Cortiço & Netos a um banco de azulejos, como o que diversos municípios tentam implementar, onde os proprietários se dirigem na esperança de encontrar azulejos que completem os seus revestimentos, mas guardando exemplares de forma a poder contar a história deste género de azulejos, formando uma colecção que é já única.

A coleccção de azulejos industriais, reunida por Joaquim Cortiço ao longo destes anos, é imensa e conta com exemplares de fábricas entretanto desaparecidas. Os proprietários da firma acreditam que "a investigação nesta área [do azulejo industrial] é ainda escassa, e queremos ao facultar o acesso ao nosso espólio, incentivar e impulsionar a pesquisa sobre o azulejo industrial. Acreditamos que a dimensão, variedade e antiguidade do espólio possa ser objecto de estudo de várias áreas de investigação: design industrial, design de comunicação, arquitectura, museologia, etc.". 

Neste sentido contactaram a RTEACJMSS que iniciou, em Fevereiro de 2013, através de um programa de estágios incluído na licenciatura do curso de História da Arte (FLUL), a catalogação de uma parte da colecção, a ser disponibilizada em linha no Az Infinitum. O programa de estágio inclui o estudo de cada um dos azulejos de padrão (no âmbito do projecto "Catalogação de padrões da azulejaria portuguesa") e das fábricas associadas.


Estagiárias associadas ao projecto:
Ana Venâncio
Inês Leitão

« voltar