Pesquisa Autores | Resultados | Ficha


BARCO, Gabriel del (1648 - ?)

Gabriel del Barco nasceu em Siguenza, um município espanhol da província de Guadalajara em 1648, tendo sido baptizado a 6 de Dezembro do mesmo ano. Viveu em Madrid desde 1666 tendo acompanhado o embaixador de Castela na sua vinda para Lisboa em 1669. Muito embora se conheçam vários dados sobre o pintor, em grande medida fruto das investigações de Vergílio Correia e João Miguel dos Santos Simões, a verdade é que muito permanece por esclarecer, nomeadamente em relação aos primeiros anos da sua actividade em terras portuguesas, apenas subsistindo alguns documentos que ligam o espanhol à pintura de tectos, infelizmente desaparecidos: Igreja de São Luís dos Franceses, em 1681, e Igreja do Convento da Divina Providência. Era, todavia, um pintor reconhecido, pois em 1683 estava inscrito na Irmandade de São Lucas, apenas reservada aos mais eruditos. A sua carreira como pintor de azulejos deverá ter sido tardia, pois apenas se conhecem obras assinadas na última década da centúria, quando contava já com quarenta anos. A primeira, assinada e datada de 1689, é a capela-mor da Igreja do Convento de Nossa Senhora do Espinheiro, em Évora. Os trabalhos realizados quer para os Lóios, quer para a casa na zona da Rua de São Bento e para uma capela particular, em Portalegre, constituem as últimas obras conhecidas de Gabriel del Barco. A 18 de Janeiro de 1701 faleceu Agostinha das Neves, quando ambos moravam junto ao Mosteiro das Inglesinhas. No rol de confessados desse ano, Barco surge como viúvo e morador na Travessa das Inglesas, onde se mantinha quando, em 18 de Abril voltou a casar com Maria Teresa Baptista. A partir desta data nada mais se sabe sobre Gabriel del Barco. Há quem defenda que regressou a Espanha, outros que continuou a pintar até pelo menos 1703, ano em que terá deixado incompleta a obra da Igreja matriz do Sardoal, que lhe é parcialmente atribuída (MECO - Azulejos de Gabriel del Barco [...], p. 75). Santos Simões referia mesmo que Barco se manteve em actividade até 1708, mas sem apresentar qualquer justificação para esta data (SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 20). A verdade, porém, é que nenhum dado pode corroborar qualquer das hipóteses. Apenas a referência de Frei Agostinho de Santa Maria parece trazer alguma luz à questão pois, em 1707, lamenta-se da falta de entusiasmo para com a devoção a Nossa Senhora da Atocha, por lhe ter faltado Gabriel del Barco (p. 345-347). [RSC]

Especialização: Pintor


Cronologia

- 1648-12-06 [Baptismo]
Em Siguenza, província de Guadalajara, Espanha. Filho de Manuel del Barco e de Polonia Palencia. Foram seus padrilnhos Gabriel del Palencia e Matea Pérez, ambos moradores na mesma cidade (A.H.D.D.S.G., Livro de bautismos, n.º 3, fl 82 v.)

- 1666-00-00, c. de 1666
Encontrava-se em Madrid pelo menos desde 1666, conforme indicado nos Sumários Matrimoniais de Lisboa (A.N.T.T., Câmara Eclesiástica de Lisboa, Sumários Matrimoniais, mç. 696, n.º 195, 1669)

- 1669-00-00
Chegada a Lisboa, acompanhando o primeiro embaixador de Castela, Charles de Bateville, estabelecendo-se no Loreto (A.N.T.T., Câmara Eclesiástica de Lisboa, Sumários Matrimoniais, mç. 696, n.º 195, 1669)

- 1669-07-17 [Casamento]
Casamento com Agostinha das Neves, cunhada do pintor Marcos da Cruz, e nas casas de quem Agostinha, ou ambos viviam, como é referido no registo (A.N.T.T., Registos Paroquiais, Freguesia do Loreto, Casamentos, Livro n.º C7 (1668-1671), Cx. 3, fl. 27.). Do processo matrimonial constam três testemunhas que afirmam ter conhecido o pintor em Madrid, onde este se encontrava há três anos. Um deles, Juan Calderon da Varca, imaginário, cujo apelido revela algumas similitudes, como notou Santos Simões (Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 20), era mesmo de Siguenza . Os restantes, Bartolomeu Fidalgo, oficial de cocheiro, e Manuel de S. Martinho, troçidor de ceda [sic], de vinte e trinta e dois anos respectivamente, faziam também parte da comitiva do embaixador Charles de Bateville (A.N.T.T., Câmara Eclesiástica de Lisboa, Sumários Matrimoniais, mç. 696, n.º 195, 1669)

- 1681-00-00 | 1682-00-00 [Pintura de tectos]
Contrato para a pintura do tecto da Igreja de São Luís dos Franceses (ALCOCHETE - Inventaire [...], p. 60). Morava na Rua Direita que vai da Igreja do Loreto para a Cruz de Pau

Notas: Os documentos relativos a esta obra são recibos com data de 3 e 15 de Abril de 1681 e 4 de Outubro de 1682 (SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 20). A documentação encontra-se actualmente (2012) no Centre des archives diplomatiques de La Courneuve, pertencente ao Ministério dos Negócios Estrangeiros francês.

- 1681-00-00 [Morada]
Morador na Rua Direita que vai da Igreja do Loreto para a Cruz de Pau (SIMÕES, Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 20)

- 1681-00-00 | 1683-00-00 [Doença]
Adoeceu gravemente, pedindo a intercessão de Nossa Senhora da Atocha. Em agradecimento pela sua cura, mandou copiar a imagem da igreja de Madrid e colocá-la na Igreja do Convento dos Paulistas da Serra d’Ossa, na Calçada do Combro, o que aconteceu em 1683, numa cerimónia envolta em grande pompa que integrou um cortejo de considerável dimensão . A sua devoção terá originado a criação de uma confraria que tratava da capela, uma das "mais graves & aceadas que tem esta corte" (COSTA - Corografia Portuguesa [...], p. 491).

- 1683-00-00
Inscrito na Irmandade de São Lucas (TEIXEIRA - A Irmandade [...], p. 125)

- 1689-00-00
Surge designado como pintor no testamento de Francisco Lopes Ferrão, casado com Isabel Soares, moradores na Rua do Caldeira a Santa Catarina, de quem foi testemunha (A.N.T.T., R.G.T., Livro n.º 67, fls. 37-38). Todavia, no Rol de Confessados desse mesmo ano, a morada oficial é Beco do Cipreste, na mesma freguesia (Maria João Pereira COUTINHO; Sílvia FERREIRA; Susana Varela FLOR; Vítor SERRÃO, Contributos [...], pp. 39-104).

- 1689-00-00, c. de 1689 [Pintura de tectos]
Por estes anos terá ainda pintado o tecto da Igreja do Convento da Divina Providência, desaparecido também com o Terramoto de 1755 [MECO - Azulejos de Gabriel del Barco na região de Lisboa [...], p. 133, nota 55)

- 1689-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Évora, Convento do Espinheiro, capela-mor

Notas: Assinatura inédita identificada por Rosário Salema de Carvalho. Ver http://redeazulejo.fl.ul.pt/noticias,2,593.aspx

- 1690-00-00 | 1691-00-00 [Morada]
Morador na Rua do Secretário (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169)

- 1691-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Barcarena, Quinta de Nossa Senhora da Conceição, Capela de São João Baptista

Notas: Neste mesmo ano há um documento, de origem desconhecida, onde Barco surge com um apelido diferente - Gabriel del Barco y Minusca -, que não se volta a repetir (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169)

- 1692-00-00 [Morada]
Morador aos Poiais de Jesus, mais precisamente na Rua dos Poiais de São Bento, banda de Jesus, onde foi vizinho de Francisco Ferreira de Araújo, sogro de António de Oliveira Bernardes [CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169)

- 1694-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Ílhavo, Vista Alegre, Capela de Nossa Senhora da Penha de França

Notas: Assinatura inédita identificada por Rosário Salema de Carvalho. Ver http://redeazulejo.fl.ul.pt/noticias,0,593.aspx

- 1694-00-00 | 1695-00-00 [Morada]
Morador na Rua das Parreiras. Com ele habitavam Brás da Costa casado com Maria dos Santos e filho de Manuel de Almeida e Antónia da Costa proprietários do forno da segunda Travessa dos Poiais (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169)

- 1695-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, Palácio de Domingos Dantas da Cunha, jardim

- 1695-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Viseu, Casa de Santar - painel aplicado e azulejo com a assinatura e o ano no Museu Nacional do Azulejo (inv. 402)

- 1696-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, da Igreja de São Bartolomeu da Charneca do Lumiar

Notas: Esta data pode ser lida como 1699

- 1696-00-00 [Morada]
Morador na na Rua do Olival, freguesia de Santos-o-Velho (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169 e 175)

- 1696-00-00
Inscrito na Irmandade do Santíssimo Sacramento (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169 e 175)

- 1697-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, Palácio dos Condes da Ponte, painéis alegóricos

Notas: Apenas se conhece o painel representando figura alegórica, pertença da Casa da Anha (Herdeiros de Dr. José d’Alpoim), Viana do Castelo mas em depósito no MNAz

- 1697-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, edifício do Largo do Terreiro do Trigo, cenas de caça

Notas: Apenas subsiste parte de um painel pertencente ao espólio do Museu de São Roque

- 1697-03-19 [Revestimento cerâmico - documentado]
Lisboa, Mosteiro de Santa Maria de Belém, cela dos priores gerais

- 1698-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Beja, Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres

Notas: Esta data pode ser lida como 1693 (segundo proposta de Florival Baiôa Monteiro)

- 1698-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, Casa na Calçada dos Cavaleiros ou Calçada de Santo André

Notas: Deste conjunto restam alguns painéis dispersos. O que se encontra no MNAz tem o n.º de inventário 900. O do Hotel Sheraton foi destruído após 2006.

- 1699-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Évora, Igreja de São Tiago

- 1699-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Évora, Igreja de São Mamede, Sala da Irmandade do Santíssimo Sacramento

- 1699-00-00 | 1700-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Arraiolos, Igreja do antigo convento dos Lóios

- 1700-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Lisboa, casa na zona de São Bento

Notas: Do qual apenas resta o painel representando Céfalo e Prócris, MNAz, inv. 373 e 373a.

- 1700-00-00 [Revestimento cerâmico - assinado]
Portalegre, capela particular

- 1700-00-00 [Morada]
Morador na Rua da Oliveira, da parte do nascente (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...], p. 169)

- 1700-00-00 [Revestimento cerâmico - atribuído [datado]]
Redondo, Convento de São Paulo da Serra d'Ossa, Capela de Nossa Senhora da Conceição

Notas: Este revestimento, atribuído com segurança a Gabriel del Barco, apresenta uma data truncada [1700], que deveria ser o final de uma assinatura. Identificação inédita de Rosário Salema de Carvalho. Ver http://redeazulejo.fl.ul.pt/noticias,2,593.aspx

- 1701-01-18 [Morte da mulher]
Faleceu Agostinha das Neves, morando ambos junto ao Mosteiro das Inglesinhas. foi sepultada na "jazida de N. / Senhora da Tocha sito na Igreja dos Religiosos Paulistas desta cidade" (A.N.T.T., Registos Paroquiais de Lisboa, Freguesia de Santos-o-Velho, Óbitos, Livro n.º 02 (1706-1721), Cx. 59,fl. 78)

- 1701-00-00 [Morada]
No rol de confessados desse ano, Barco surge como viúvo e morador na Travessa das Inglesas (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...), p.169. A.N.T.T., Registos Paroquiais, Freguesia de Santos-o-Velho, Casamentos, Livro n.º C6 (1696-1706), Cx. 40, fl. 66 e 66 v..)

- 1701-04-18 [Casamento]
Casamento com Maria Teresa Baptista, filha legítima de Francisco Baptista e de Maria Simões, natural da freguesia de S. Lourenço da Vila de Azeitão (CORREIA - Azulejadores e pintores de azulejos [...), p.169. A.N.T.T., Registos Paroquiais, Freguesia de Santos-o-Velho, Casamentos, Livro n.º C6 (1696-1706), Cx. 40, fl. 66 e 66 v..)


Obras neste inventário
Painel de azulejos com a representação de São João Baptista
(Hospital de São José, Lisboa)
Pintor, Atribuído - [1979] SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 205


Revestimento cerâmico da nave da Igreja
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado - capela-mor e portal [azulejo assinado e datado, descontextualizado, junto ao portal principal, apenas com parte da assinatura - briel del / arco 1699]


Revestimento cerâmico da Capela de São João Evangelista
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado - capela-mor e portal


Revestimento cerâmico da Capela de São João Baptista
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado - capela-mor e portal


Revestimento cerâmico da capela-mor
(Igreja do Convento dos Lóios, Arraiolos)
Pintor, Assinado - capela-mor e portal


Painéis de azulejos com iconografia de Santa Clara
(Hospital de Santa Marta, Lisboa)
Pintor, Atribuído - [1979] MECO - Azulejos de Gabriel del Barco [...], p. 113; [1979] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 65; [1984] MECO - Azulejos de Lisboa [...], p. 53; [1989] MECO - Azulejaria Portuguesa, p. 67; [1993] MECO - O Azulejo em Portugal, p. 216; [1994] MECO - Lisboa Barroca [...], p. 327; [1979] SIMÕES, p. 24; [1996] VELOSO; ALMASQUÉ - Hospitais Civis [...], p. 91


Painel de azulejos representando a Adoração dos pastores
(Hospital de São José, Lisboa)
Pintor, Atribuído - [1979/1981] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 64/p. 42; [1996] VELOSO; ALMASQUÉ - Hospitais Civis [...], p. 65


Revestimento cerâmico da capela-mor
(Igreja do antigo Convento de Santo António dos Capuchos)
Pintor, Atribuído [à maneira de] - [1957] SANTOS - O Azulejo em Portugal, p. 153


Revestimento cerâmico da divisão 1 [jardim de Inverno]
(Piso 2)
Pintor, Atribuído - [1979] MECO - Azulejos de Gabriel del Barco [...], p. 100; [1979] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 63; [1981] MECO Há que preservar [...], p. 78; [1984] MECO . Azulejos de Lisboa, p. 53; [1989] MECO - Gabriel del Barco [...], p. 68; [1989] MECO - O azulejo em Portugal, p. 216; [2009] MECO - Azulejo [...], p. 126


Revestimento cerâmico da divisão 7 [sala de jantar]
(Piso 2)
Pintor, Atribuído - [1979] MECO - Azulejos de Gabriel del Barco [...], p. 100; [1979] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 63; [1981] MECO Há que preservar [...], p. 78; [1984] MECO . Azulejos de Lisboa, p. 53; [1989] MECO - Gabriel del Barco [...], p. 68; [1989] MECO - O azulejo em Portugal, p. 216; [2009] MECO - Azulejo [...], p. 126


Revestimento cerâmico da sala da Confraria do Santíssimo Sacramento
(Igreja de São Mamede, Évora)
Pintor, Assinado - parede 1, nível 1, secção 1


Revestimento cerâmico da nave e capela-mor
(Capela do Salvador do Mundo, Castelo de Vide)
Pintor, Atribuído - [1979] MECO - Azulejos de Gabriel del Barco [...], p. 69-124; [1979] MECO - O pintor de azulejos, p. 63; [1986] MECO - O azulejo em Portugal, p. 216; [1989] MECO - Gabriel del Barco, p. 67; [2003], SERRÃO - O Barroco [...], p. 123


Revestimento cerâmico da nave e falso transepto
(Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, Beja)
Pintor, Assinado - parede 3, secção 3


Revestimento cerâmico do arco triunfal e da capela-mor
(Igreja de São Tiago e São Mateus / Matriz do Sardoal, Sardoal)
Pintor, Atribuído - [1979] SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 355, eventualmente os vãos das janelas; [1979] MECO - O pintor de azulejos Gabriel del Barco [...], p. 66; [1980] MECO - O pintor de azulejos Manuel dos Santos [...], p. 103; [1989] MECO - Gabriel del Barco [...], p. 67; [1986] MECO - O azulejo em Portugal, p. 216; [2003] SERRÃO - O Barroco [...], p. 123; [2010] MECO - A Azulejaria no Mosteiro de São Vicente [...], p. 241, apenas o arco triunfal e cercaduras dos painéis sob as janelas


Revestimento cerâmico da capela-mor
(Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro)
Pintor, Assinado - parede 2, nível 1, secção 2


Revestimento cerâmico do jardim superior
(Quinta das Lapas, Monte Redondo)
Pintor, Atribuído - [2009] MECO - Azulejo [...], p. 126


Revestimento cerâmico da nave e capela-mor
(Capela da Vista Alegre, Ílhavo)
Pintor, Assinado - parede 3, nível 3, secção 4. Até à descoberta da assinatura por Rosário Salema de Carvalho, o revestimento era apribuído a Gabriel del Barco pelos seguintes autores: [1970] SMITH - Três estudos [...], p. 51; [1974] SIMÕES - Gabriel del Barco [...] p. 51; [1979] SIMÕES - Azulejaria em Portugal no Século XVIII, p. 24 e 132]; [1979] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 64; [1989] MECO - Gabriel del Barco [...], p. 67, em colaboração


Revestimento cerâmico da antiga Capela de Nossa Senhora da Conceição
(Convento de São Paulo - Hotel Museu da Serra d´Ossa, Aldeia da Serra, Redondo)
Pintor, [2004] ARRUDA; COELHO - Convento de S. Paulo [...], p. 77; [1975] ESPANCA; [1978] MECO - O pintor de azulejos [...], p. 64; [1985] MECO - Azulejaria Portuguesa, p. 45; [1989] MECO - Gabriel del Barco [...], p. 67; [1986] MECO - O azulejo em Portugal, p. 216; [2009] MECO - Azulejo [...], p. 126; [2003] SERRÃO - Barroco [...], p. 124; [2012] CARVALHO - Autorias [...]


Tábua do Almoxarife
(Edifício central)
Pintor, Atribuído - [1993] HORTA - As artes nas Caldas [...], p. ; [1998] BORGES - O Hospital Termal de Caldas [...], p. 85-86; [1998] MECO - Azulejos e Cerâmica [...], p. 112; [2003] SERRÃO- O Barroco [...], p. 123. /// NOTA: considerando a data apontada de 1667 (entendendo a de 171[?] como um acrescento posterior), esta atribuição perde fundamento pois Gabriel del Barco chegou a Portugal apenas em 1669. Nicolau Borges defende esta teoria porque admite que Barco pintou nestes anos os azulejos do Convento de Nossa Senhora da Assunção de Montemor-o-Novo, mas na verdade deveria referir-se ao convento de Arraiolos, de 1699-1700 (BORGES - O Hospital Termal de Caldas [...], p. )


Barra em tons de azul e branco, com bordos azuis, desenvolvendo continuamente enrolamentos de acanto (folhagem e flores) a partir dos quais se projecta o tronco de uma figura masc(...)(Capela da Vista Alegre)
Pintor, Assinado - Évora, Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro, parede 2, nível 1, secção 2; Ílhavo, Capela da Vista Alegre, Parede 3, nível 3, secção 4


Canto em tons de azul e branco, com bordos azuis, dispondo concha na diagonal, envolta por enrolamentos de acanto que se prolongam nas barras, a partir de dois caules enrolados e (...)(Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro)
Pintor, Assinado - Évora, Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro, parede 2, nível 1, secção 2


Canto em tons de azul e branco, com bordos azuis, dispondo quatro folhas de acanto recortadas (cada uma, disposta na diagonal, ocupa um azulejo) e núcleo circular com motivo flora(...)(Capela da Vista Alegre)
Pintor, Assinado - Ílhavo, Capela da Vista Alegre, parede 3, nível 3, secção 4


Canto em tons de azul e branco, com bordos azuis, dispondo concha diagonal envolta por enrolamentos de acanto, que se prolongam nas barras em três direcções distintas, dois dos q(...)(Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro)
Pintor, Assinado - Évora, Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro, parede 2, nível 1, secção 2


Centro em tons de azul e branco, com bordos azuis, formado por volutas que enquadram mascarão encimado por motivos vegetalistas.(Capela da Vista Alegre)
Pintor, Assinado - Évora, Igreja de Nossa Senhora do Espinheiro, parede 2, nível 1, secção 2; Ílhavo, Capela da Vista Alegre, Parede 3, nível 3, secção 4




Referências Bibliográfias - Monografias


Referências Bibliográfias - Periódicos


Outros autores relacionados

- COSTA, João Neto da
Tipo de relação: Ladrilhador / Pintor