Palácio Nacional de Sintra [Sintra]


Visualização Hierárquica

Número:
ST_S_PNS

Designação:
Palácio Nacional de Sintra

Outras designações:
Comum - Palácio da Vila

Tipologia:
Arquitectura civil\Palácio

Descrição:
Muito embora a sua construção se inscreva entre os séculos XIV e XVI, o Paço apresenta hoje uma combinação singular de edificações, fruto de épocas construtivas distintas, que justificam a sua planta irregular, organizada e articulada em torno de pátios interiores, jardins e terraços. Parcialmente erguido sobre resquícios de uma alcáçova árabe, são notórios três períodos distintos de edificação: o primeiro diz respeito ao reinado de D. Dinis (r. 1279-1325), ao qual correspondem as actuais Sala Chinesa e a Sala do Bonet, bem como o Quarto de D. Afonso VI e a Capela Palatina, cujos pavimentos cerâmicos remontam já ao reinado de D. Afonso V (r. 1438-1481). No reinado de D. Afonso V, dá-se a aplicação de pavimentos em alicatado e é acrescentado o altar-mor à Capela Palatina, assim como as janelas laterais de dimensão reduzida, posteriormente intervencionadas no reinado de D. Manuel I, tal como o tecto de caixotões, atribuído ao reinado de D. João II (r. 1481-1495). Com o reinado de D. João I (r. 1385-1433) coincide a primeira campanha de ampliação, designada Paço II, ou ala Joanina, sendo deste período a Sala dos Cisnes, a Sala das Pegas, a Sala das Sereias, o Quarto de D. Sebastião, a Sala de Júlio César, a Sala da Coroa, a Sala dos Árabes, a cozinha, os pátios Central (ou do Esguicho), e respectiva Gruta dos Banhos, o Pátio da Carranca e o Pátio da Audiência. À segunda campanha de ampliação, do reinado de D. Manuel I (r. 1495-1521), corresponde a designada ala Manuelina, composta pela Sala Manuelina e respectivas dependências, a Sala dos Brasões (que substitui a antiga Casa de Meca), a Sala das Colunas, o patim do Pátio Central, assim como os pátios de Diana e dos Tanquinhos e o Jardim dos Príncipes. É também durante este período, que ocorrem obras de beneficiação geral do Paço, nas quais se modificam vãos e janelas e se revestem com azulejos mudéjares diversas outras salas. A Sala dos Archeiros, cobertura dos eirdados da Sala dos Cisnes e da Sala Manuelina, remonta ao reinado de D. João III (r. 1521-1557) e a Sala das Galés é uma obra do século XVII. O Palácio Nacional de Sintra foi alvo de várias intervenções de conservação e restauro ao longo dos anos e foi classificado como Monumento Nacional em 1910. Desde 2012 que se encontra sob a tutela da Parques de Sintra - Monte da Lua.


Disposições Legais:
- MN Monumento Nacional | Decreto de 16-06-1910, DG, 1.ª série, n.º 136 | 1910-06-23 | Incluído na Área Protegida de Sintra - Cascais


Google Maps:



Link do Imóvel no Site do IHRU


Cronologia

- 901-00-00 | 1000-00-00 [Edifício - construção]
Primeiros dados acerca da existência de um antigo alcácer no local


- 1301-00-00 | 1325-00-00 [Edifício - construção]
Edificação do paço, dito Paço I, por D. Dinis (r. 1279-1325)


- 1423-00-00 | 1433-00-00 [Edifício - construção [ampliação]]
Campanha de ampliação do paço por D. João I, Paço II


- 1438-00-00 | 1481-00-00 [Revestimento - pavimento]
Aplicação de pavimento cerâmico na Capela e no Quarto de D. Afonso VI, no reinado de D. Afonso V


- 1497-00-00 | 1510-00-00 [Edifício - construção [ampliação]]
1ª fase de campanha de obras no paço por D. Manuel I


- 1507-00-00 [Revestimento]
Documentado - Chegada a Sintra de 82 seiras de azulejos provenientes de Belém, entregues por Gonçalo Annes. Seriam reaproveitamentos ou materiais em sobra? | Transcrição: "Titollo dos carretos de madeira e telha e tijollo E azulejo E asy doutras cousas que vieram este anno pera estas obras (...)" (ANTT, Receita e despesa do vedor das obras do Paço de Sintra, PT/TT/CRC/B/15/810, fl. 60, https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=4621339, Imagem 122, transcrito por SABUGOSA - O Paço de Cintra (...), p. 228). "Item acarretou gonçallo anes gardes dazulejo que estaua em Bellem oytemta e duas seiras em coremta e hua quaregas a rrazam de coremta reaes carrega em que momta mjll e seis çemtos e coremta reaes [à margem] foy paguo per huum Roll no dito almoxarife". (ANTT, Receita e despesa do vedor das obras do Paço de Sintra, PT/TT/CRC/B/15/810, fl. 63v., https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=4621339, Imagem 129, transcrito por SABUGOSA - O Paço de Cintra (...), p. 229)


- 1507-00-00 [Revestimento]
Documentado - Novo carregamento de 55 seiras que estavam em Belém, que obrigou a 27 cargas e meia por parte de João Rodrigues "castelhano" | Transcrição: "Item majs acarretou Joham Rodriguez castelhano dazulejo do que estaua em belem çymquoenta e cymquo seiras em vinte e sete carregas e meia que a daver a coremta reaes por cada carrega amomta rayll e çem reaes. [à margem] foy paguo no dito almoxarife per huum Roll". (ANTT, Receita e despesa do vedor das obras do Paço de Sintra, PT/TT/CRC/B/15/810, fl. 63v., https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=4621339, Imagem 129, transcrito por SABUGOSA - O Paço de Cintra (...), p. 229)


- 1508-12-14 [Revestimento]
Documentado - Chegada a Sintra de 10.146 azulejos de "toda sorte" entregues por Diogo Barbudo, vedor da obra do Convento de Nossa Senhora da Pena, em Sintra | Transcrição: "Item Em quatorze dias do mês de dezembro de quinhentos e oito Reçebeo o dito almoxarife de diogo barbudo veador das obras de nossa Senhora da pena dazullejo de toda sorte pera estas obras dez mjll e çemto e coremta e seis peças dos quaes lhes deu conhecimento em forma" (ANTT, Receita e despesa do vedor das obras do Paço de Sintra, PT/TT/CRC/B/15/810, fl. 14, https://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=4621339, Imagem 30, transcrito por SABUGOSA - O Paço de Cintra (...), p. 222)


- 1510-00-00 | 1521-00-00 [Edifício - construção [ampliação]]
2ª fase de campanha de obras no paço por D. Manuel I


- 1524-05-21 [Ladrilhos]
Documentado - pagamento a Diogo Fernandes e Pedro Peixão pelas obras de ladrilho (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1701-00-00 | 1725-00-00 | Cerâmica\Século XVIII\Primeira metade\Ciclo dos Mestres | c. 1720 [Revestimento - Sala dos Brasões]
Atribuído - SIMÕES - Azulejaria em Portugal no século XVIII, p. 323


- 1750-00-00 | 1770-00-00 | Cerâmica\Século XVIII\Meados\Rococó [Revestimento - Gruta dos Banhos]
Atribuído - Meco - "Palácio Nacional de Sintra" (...), p. 148


- 1755-11-01 [Edifício - danos]
Terramoto provocou danos em várias áreas do Palácio


- 1755-11-01 | 1777-00-00 [Edifício - restauro]
Documentado - restauros em várias áreas do Palácio por iniciativa do Marquês de Pombal: Sala dos Cisnes foi reconstruída e a Sala dos Árabes foi também objecto de restauro devido à queda da torre militar que se elevava sobre a sala (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1784-00-00 | 1787-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - durante estes anos, D. Maria I encomenda azulejos da "esfera armilar" (P-15-16-00046) para colmatar falhas (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1784-00-00 | 1787-00-00 [Revestimento - Sala dos Brasões - restauro]
Documentado - António Manuel Godinho, morador na Travessa do meio do Campo de Santana, recebeu 66$00 pela obra na Casa das Armas efectuada na sequência do Terramoto de 1755: mandou fazer os azulejos novos que saltaram, assentar os que caíram e limpar os mesmos (ANTT, Casa das Obras e Paços Reais, Paço de Sintra, n.º 91, Livro do Almoxarifado dos Paços de Sintra, 1784-1787, referido em TRINDADE - Revestimentos cerâmicos (...), p. 297)


- 1863-00-00 [Edifício - restauro]
Campanha decorativa revivalista, sob a responsabilidade do arquitecto Joaquim Possidónio da Silva, que inclui revestimentos azulejares (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1895-00-00 [Revestimento - cozinha]
Datado - assinado e datado no brasão: "O popular J.e Augusto fez em 1895"


- 1898-00-00 [Revestimento - Sala das Pegas]
Documentado - são retirados os azulejos que se encontravam entre as duas portas ogivais para se colocar a "chaminé de mármore de Carrara" que estava em outra sala e que havia sido presente do Papa Leão X a D. Manuel em 1515 e que estava nos Paços de Almeirim (SABUGOSA - O Paço de Sintra (...), p. 163)


- 1910-00-00 [Propriedade]
Após implantação da República, o Palácio é incorporado nos bens do Estado


- 1927-00-00 [Revestimento - restauro]
Aplicação de azulejos de rodapé na Sala dos Brasões (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1931-00-00 | 1940-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - campanha de restauro, sob a responsabilidade da Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), que incluiu a encomenda de azulejos da "esfera armilar" (P-15-16-00046) à Escola António Arroio (SIMÕES - Azulejaria em Portugal nos séculos XV e XVI; SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1941-00-00 | 1950-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - campanha de restauro, sob a responsabilidade do arquitecto Raul Lino, que incluiu a encomenda de azulejos da "esfera armilar" (P-15-16-00046) à Fábrica Viúva Lamego (SIMÕES - Azulejaria em Portugal nos séculos XV e XVI; SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1947-10-02 [Edifício - danos]
Terramoto que causou estragos: duas paredes rachadas na Sala dos Cisnes (paredes 1 e 3); a parede que divide as duas chaminés da cozinha; alpendre e parte do banco junto à cadeira do Pátio da Audiência (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, TXT.01782369)


- 1947-10-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - há notícia de trabalhos desenvolvidos no Palácio, em particular "arrancar e tornar a assentar azulejos na Sala dos Cisnes", numa extensão de 2m2, segundo as medições disponibilizadas (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, TXT.01782364)


- 1947-11-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - nos orçamentos subsequentes, para a concretização das reparações mencionadas, inclui-se o assentar de todos os azulejos soltos no Quarto de D. Sebastião, Sala de D. Manuel, Sala dos Cisnes, Sala das Sereias, Pagode Chinês, Cozinha, Pátio de D. Sebastião e residências dos empregados (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, TXT.01782372)


- 1969-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - substituição de azulejos partidos na Sala dos Cisnes, Sala Manuelina e Cozinha, na sequência do Terramoto de Fevereiro de 1969 (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1973-00-00 | 1974-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - substituição de 20 azulejos verdes no pavimento da Sala Manuelina (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1975-00-00 | 1977-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - substituição de azulejos verdes, que se encontravam partidos, no pavimento da Capela (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 1977-00-00 [Revestimento - restauro]
Documentado - substituição de 20 cantoneiras de barro vidrado verde no alpendre e banco do Pátio de D. Sebastião e conserto de bancos com azulejos verdes e brancos no Pátio do Leão (SIPA - Palácio Nacional de Sintra, IPA.00006135, http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=6135)


- 2012-00-00 [Propriedade - tutela]
Imóvel sob tutela da Parques de Sintra - Monte da Lua



Bibliografia - Monografias


Inventariante
- Rosário Salema de Carvalho (2014-06-09, Inserção da ficha)
- Rafaela Xavier (2019-02-19, Inventariação in situ, investigação e preenchimento da ficha no âmbito da dissertação de Mestrado "Catalogação de Azulejos Hispano-Mouriscos em Portugal: o Palácio Nacional de Sintra como estudo de caso")