Revestimento cerâmico da nave
Capela de Nossa Senhora das Candeias
[Alvito]


Visualização Hierárquica

Número:
IAPCBJ00020101

Designação:
Revestimento cerâmico da nave

Tipo de Património:
Azulejo

Classificação:
Revestimento cerâmico\figurativo
Revestimento cerâmico\de padrão

Descrição:
Interior revestido por azulejos de padrão policromo do século XVII. Os altares laterais são emoldurados por azulejos representando cariátides, anjos, albarradas e frutos. Do lado da Epístola é visível um painel inserido no revestimento de azulejo de padrão com a representação de São Brás. Já ao nível do coro alto e também integrados no revestimento de padrão observam-se dois painéis em tons de azul e branco representando a Aparição da Virgem a São Bernardo ou o Milagre da Lactação (secção 1) e um frade em oração (secção 2), delimitados por friso policromo.


Nota histórico-artística
A descoberta de alguma documentação relativa a esta encomenda trouxe, no entanto, alguns problemas. De acordo com Vítor Serrão ("António Pereira ravasco [...]", nota 370 p. 342 - AMA, Livro de Receita e Despesa 1688-1695, cx. 36, fl. 91.), em 1694 um azulejador de nome João Pedrozo, veio de Lisboa para assentar os azulejos da capela, serviço pelo qual recebeu 58 625 rs. A Mesa tinha já pago 20 000 rs pelo que, nesta data, apenas teria a pagar 38 625 rs. Numa outra entrada é referido o montante de 9 970 rs relativo ao "acabar de azulejar o coro do segundo Azulejo", a que acresceram 4 070 rs de fretes, totalizando 14 040 rs. Muito embora não haja certezas, este montante deverá corresponder ao pagamento dos dois painéis azuis e brancos. Não se sabe, todavia, em que época foi aplicado o restante revestimento, com certeza anterior, nem que razão esteve na origem desta solução, pouco comum, de integrar painéis mais actuais num conjunto de padrão seiscentista. O que se assistiu, durante a segunda metade desta centúria, foi à integração de painéis figurativos policromos, de execução ingénua, que apenas no final da centúria revelam alguma unidade e sentido programático. Seria o conjunto azul e branco de maior dimensão? A integração com o padrão e o próprio friso que lhes serve de guarnição parece denunciar uma possível contemporaneidade, ou proximidade temporal, na aplicação dos azulejos.
In the they surprise no fax payday loan are a smaller taxes.




Cronologia

- 1694-00-00 [Revestimento]
Documentado (SERRÃO - "António Pereira Ravasco [...]", p. 130 e nota 370 p. 342)




Autorias
- António Pereira - Pintor (Atribuído - (1979] SIMÕES - Azulejaria em Portugal no Século XVIII, p. 37 e 420, nota 255 de Flávio Gonçalves; [2003] SERRÃO - "António Pereira Ravasco [...]", p. 128, 130 e nota 370 p. 342))

- João Pedrozo - Ladrilhador (Documentado - (2003] SERRÃO - "António Pereira Ravasco [...]", p. 130 e nota 370 p. 342)




Iconografia
» 1 - Religião e Magia\11 - Religião cristã\11H - santos\11H(...) - santos masculinos\11H(BERNARD) - Bernardo de Claraval, monge e abade cisterciense, possíveis atributos: colmeia, dragão acorrentado, crucifixo, cruz com instrumentos da Paixão, (três) mitra a seus pés, cão branco\11H(BERNARD)3 - devoção pessoal de São Bernardo de Claraval\11H(BERNARD)34 - visões de São Bernardo de Claraval\11H(BERNARD)342 - São Bernardo de Claraval ajoelha-se perante a Virgem Maria que aperta o seu seio, do qual jorra leite que humedece os lábios de Bernardo ("lactatio")
[Secção 1]
Descrição: Numa paisagem, com árvores de um lado e do outro, São Bernardo, à esquerda, ajoelhado e de mãos para o peito, olha para Nossa Senhora, que lhe aparece sobre nuvens, segurando Cristo, nu, em pé sobre as nuvens. Do peito de Nossa Senhora jorra o leite na direcção de São Bernardo.

Localização: Secção 1





» 1 - Religião e Magia\11 - Religião cristã\11Q - adoração de Deus\11Q3 - vida ascética e prática\11Q33 - retiro para a selva ou deserto - vida ascética
[Secção 2]
Descrição: Numa paisagem, com árvores em segundo plano, um frade, ao centro, encontra-se ajoelhado e de braços abertos para um crucifixo preso a um tronco da árvore do lado direito da composição, estando um cálice no chão, entre o frade e a árvore do lado direito.

Localização: Secção 2







Informação Técnica

Material
Matéria transformada\Produto cerâmico\Azulejo [Azulejo]


Técnica
Cerâmica de revestimento\Técnicas de decoração\Faiança\À mão livre [Azulejo]



Bibliografia - Monografias


Inventariante
- Maria Augusta Sousa Moreira de Barros Rosário (2005-02-03, Inventariação in sit)
- Maria Augusta Sousa Moreira de Barros Rosário (2005-00-00, Descrição)
- Isabel Pires (2008-02-06, Inserção e revisão)
- Rosário Salema de Carvalho (2012-10-30, Inserção, descrição geral e revisão)



Imagens: 4